sexta-feira, 12 de setembro de 2008

viva Clarice

Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... Ou toca, ou não toca. "Clarice Lispector"

2 comentários:

Olga disse...

Esta mulher era confusa, mas inteligentíssima!!! Só fala verdades!! hauahauahauahauha...

beijos

C0ndill4c disse...

Oi Claudinha, nossa gostei muito dos texto do seu blog, parabéns amiga.

a benção do padrinho! bjo